UM BLOG COLABORATIVO


Rua de Guadalajara

A região de Guadalajara, no México, tem cenários diversos e muitas riquezas, tanto históricas, quanto naturais, culturais ou culinárias. Mesmo assim, ainda nos concentramos apenas na Cidade do México e em Cancun para organizar ao pensar numa escapada mexicana. Este post é para provar que não precisa ser assim. 

Capital do Estado de Jalisco, Guadalajara é a terceira cidade mais populosa do país, abriga uma das universidades mexicanas mais importantes e é cenário de importantes eventos culturais, como o Festival Internacional de Cinema de Guadalajara e a Feira Internacional do Livro. Também é considerada casa do famoso mariachi mexicano. Para ter uma ideia, o primeiro shopping da América Latina foi erguido em Guadalajara (Plaza del Sol), assim como também foi ali a instalação do primeiro sistema de luz ferroviário urbano. Ou seja, uma cidade de vanguarda!

Compre agora sua passagem para Guadalajara
Passagens aéreas saindo de
Passagens aéreas até 30% mais baratas Encontre sua promo ⇾
Vendedor de pipa nos arredores de Guadalajara

Ainda assim, Guadalajara guarda muito da arquitetura colonial e tem muito bem preservada as tradições mexicanas, o que faz dela um destino muito interessante. Além de ser próxima de atrações maravilhosas, como já vamos mostrar a seguir!

Bem, se locomover em Guadalaraja é muito fácil. Há um sistema de transporte abrangente e o aluguel de carro é muito barato (pagamos cerca de 100 dolares por 5 dias, já incluído seguro).

Na própria cidade, é preciso ver:

Catedral de Guadalajara

Catedral de Guadalajara

Não apenas é enorme, como sua arquitetura é de deixar cair o queixo. Como o Brasil, o México é um país católico (lembra da virgenzinha de Guadalupe das novelas mexicanas?). E a Arquidioce de Guadalajara, em tamanho, só é menor que a da Cidade do México.

Sua contrução data de 1541, mas depois disso já teve de passar por diversas reformas e reconstruções, devido a um incêncio e diversos terremotos a danificaram, sendo o último deles em 2003. O que vemos hoje remete à reconstrução de 1854, depois de o terremoto de 1849 derrubou a maior parte de sua estrutura.

Tlaquepaque

Praça de Tlaquepaque

Na Grande Guadalajara, o município fundado pelo povo Totonac atrai por suas ruas tradicionais e pelo comércio de artigos artesanais. Ali também é possível desfrutar da culinária local, encontrar adegas de tequila com preços razoáveis e participar de workshops de cerâmica. É possível ir de transporte público ou em tours de agências.

Já nos arredores de Guadalajara, há dois passeios que consideramos imperdíveis:

Guachimontones

Vista de uma das pirâmides circulares no sótio arqueológico de Guachimontones

Guachimontones é um sítio arqueológico com entrada pela cidade de Teuchitlán, a cerca de uma hora de Guadalajara.

A sociedade pré-hispânica que construiu e habitou a região, esteve por ali desde cerca de 300 a.C até mais ou menos 900 d.C. A característica principal deste local são as pirâmides circulares que chegam a até 18 metros de altura.

A região faz parte da lista da Unesco de Patrimônios da Humanidade (assim como as destilarias de tequila; falamos mais delas abaixo), e também está entre os Monumentos do Mundo a serem Visitados, de 2008, e dos locais ameaçados. Isso porque, até o local se tornar um sítio arqueológico e ser preservado, muito de sua construção foi danificada pela população, que usou as pedras inclusive para a contrução de estradas e passagens.

No tour, é possível ver um vídeo que explica sobre o local e o povo que ali viveu. Além disso, o guia explica a fucnção sagrada dos montes, onde ocorriam as cerimônias, agricultura e onde ficavam as habitações. E há até quadras de um esporte que, pelo que dizem, lembra o futebol.

É fácil chegar ali de carro, mas, se estiver sem, diversas agências, como a Viator, realizam o passeio. As visitas podem ser feitas de terça a domingo, das 9h às 17h.

Tequila

Lojas de souvenir na rua central de Tequila

Imagino que todos conheçam a bebida Tequila. Mas duvido que a maioria saiba que, como o champanhe, a tequila só recebe esse nome se é produzida na região de Jalisco, no México, e que existe ali uma cidade com esse mesmo nome que abriga a maior parte das destilarias mais famosas, como José Cuervo e Herradura.

Isso porque a tequila, bebida, é produzida a partir do agave, planta originária daquela região. Além da cidade que lhe dá nome, a Rota da Tequila, ou seja, o conjunto de minucípios produtores, inclui ainda Arenal, Amatitlán, Magdalena, Teuchitlán, Etzatlán e San Juanito.

A cidade, que na verdade se chama Santiago de Tequila, é um charme e, obviamente, vive da produção de tequila e do turismo.  A rua principal é um apanhado de lojinhas de souvenir. E as destilarias estão espalhadas por todo o pequeno município, de cerca de 40 mil habitantes.

Mundo Cuervo

Além de degustar da bebida em suas diversas variações, também é possível fazer um tour, oferecido pelas destilarias, e conhecer mais sobre a história e a produção da bebida. O mais famoso e procurado é o do Mundo Cuervo, que faz a José Cuervo, mas quase todas as destilarias oferecem o passeio, com os mais diversos preços (alguns são gratuitos).

Além disso, na cidade também fica o Museu da Tequila. É pequeno, mas conta a história do surgimento e da fabricação da bebida e das famílias que dominavam a produção desde o primórdio. Vale a pena para que é curioso.

Tequila fica a apenas 60 km de Guadalarajara, uma viagem de pouco mais de uma hora de carro. Mas também é possível fazer um passeio de trem chamado Tour da Tequila (ou Tequila Express), que passa também por outras cidades que fazem parte da Rota da Tequila e te deixam livre para degustar da bebida, sem a preocupação de ter de pegar no volante depois.

Lembrando que aqui deixamos apenas algumas sugestões de passeios que fizemos no tempo disponível e que valem muito a pena. Mas a cidade tem ainda muito mais a oferecer, como passeio ao lago Chapala, o aquário, os inúmeros museus, a experiência de luta livre. Enfim, há atrações para pelo menos 5 dias na cidade. Para entrar muito mais a fundo no mundo mexicano, visite o Guia México, eles trazem dicas de todo o país.

Não perca nosso próximo post sobre Puerto Vallarta, paraíso dos resorts a 2h30 de Guadalajara. E, se você curte praia e quer mais dicas de Caribe, veja também nosso post sobre Curaçao.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *