UM BLOG COLABORATIVO


O ônibus da Warner sai de frente da estação de trem de Watford Junction. É preciso apresentar o ingresso para poder embarcar.

Crianças, segurem seus adultos, porque eles tendem a ficar muito animados e sair correndo quando veem os objetos de Harry Potter. Com esse aviso bem-humorado começa a visita aos estúdios da Warner onde foram gravados os filmes de Harry Potter em Leavesden, na Inglaterra. Fica pertinho de Londres, a cerca de 20 minutos de trem (e mais £ 11,50) . Vale aqui uma observação: há o trem que vai direto, e aí são apenas 3 paradas e 20 minutos até o destino; e há o trem que faz uma viagem no estilo metrô mesmo, parando em todas as estações do caminho (e são muitas!), vale a pena prestar atenção ou se informar na estação para pegar o trem direto.

(Um a parte que pode ser útil também apra alguém. O banheiro da estação de Watford Junction é ótimo. Se precisar, pode correr lá.)

Depois, um ônibus da própria Warner sai de frente da estação de Watford Junction e deixa na porta dos estúdios (custa £ 2,50 libras). São menos de 10  minutos até os estúdios, mas a ansiedade nesse ponto já é tão grande que parace que não chega nunca.

A chegada

Oficialmente o tour se chama Harry Potter Studio Tour – The Making of Harry Potter. A chegada à entrada dos estúdios já é um acontecimento. Os muros são todos enfeitados com cartazes relativos ao filme, e peças do xadrez gigante do primeiro filme estão expostas para já dar o clima do passeio.

Apesar de os ingressos esgotarem e de ser preciso comprar pela internet com atecedência para garantir seu lugar (ou de uma agência que oferece tours), a chegada com o ônibus é bem tranquila. Como os ingressos tem horário marcado, não há grandes filas na bilheteria e a entrada consiste em um grande corredor até chegar a área em que é possível pegar os audioguias e finalmente entrar na fila final, que permitirá entrar no mundo dos filmes de Harry Potter.

Uma breve apresentação com instruções (em inglês) sobre a visita e vídeos com comentários de produtores inicia a mágica, e quando as portas se abrem, a visão do grande salão de Hogwarts, com o chapéu seletor ao fundo, provoca a euforia dos dezenas de fãs ansiosos que já não aguentavam mais esperar. É só até aí que há o acompanhamento de um guia. Todo o resto da visita é feito por conta próprio e no seu tempo. Tudo é muito intuitivo e cada lugarzinho tem explicações e fatos de bastidores e de produção que ajudam a localizá-los direitinho em nossas lembranças.

Uma vez lá dentro, você pode ficar quanto quiser. Ou seja, se comprar ingresso para entrar as 9h da manhã, pode ficar até as 22h, se quiser, e ninguém vai te incomodar. Mas se você não for fanático a esse ponto, pense em cerca de 3 horas para ver tudo com calma. Foi o tempo que levamos e deu tempo de aproteitar todos os detalhes e tirar centenas de fotos.

A visita

Há dois grandes galpões em que a visita é dividida. O primeiro é o mais fantástico. Reúne diversos cenários de todos os filmes, como a sala comunal de Grifinória e o dormitório dos meninos, o escritório de Dumbledore, o beco diagonal, a casa dos Weasley, a Floresta Proibida com os animais que a habitam, representações de cenas específicas, a sala da aula de poções. São tantos que é impossível enumerar todos aqui. Além de milhares de adereços, figurinos e elementos que compõe o universo de Harry Potter. Dá uma espiadinha básica aqui embaixo!

 

 

Diversas experiências interativas ajudam a tornar a experiênci ainda mais excitante. Você pode testar os dotes mágicos levitando uma vassoura e até voar pelos cenários com a vestes de sua casa preferida! A saída do primeiro galpão acontece pelo beco diagonal. Uma passagem que requer alguns minutos para ver todas as lojas (não é possível entrar em nenhuma) e, antes de chegar ao próximo, há uma parada para uma Butter Beer geladinha e uma passagem pela dos Dursley, Noitibus. Aí sim dá para entrar e se sentir dentro dos filmes.

 O segundo galpão é uma viagem mais técnica. Conhecemos os efeitos especiais, como as criaturas foram criadas, os desenhos que deram origem a elas, efeitos técnicos para que elas pareçam grandes ou pequenas, técnicas de movimento, maquetes dos cenários (feitas nos mínimos detalhes) e tudo mais que torna os filmes tão reais. A saída ainda tem o expresso de Hogwarts, no qual podemos entrar e, em cada cabine, vemos a decoração usada na viagem em um dos filmes. E, claro, podemos nos sentir prestes a embarcar, levando nossas malas pela plataforma 9 3/4. Quem não quer?

Para quem é fã a visita toda é um deleite, mas posso dizer que mesmo que não conhece muito sai de lá maravilhado. Minha mãe, que leu apenas o primeiro livro e viu o primeiro filme, saiu encantada, querendo ver todos os demais.

Informações básicas

Os ingressos devem ser comprados pela internet, no site oficial, ou em agências de turismo.

Os preços variam de £ 31 (ingresso Saver, disponível apenas em algumas datas específicas, que podem ser consultadas em calendário no site) a £ 33 para crianças, com o detalhe de que os pequenos até 4 anos entram grátis; e de £ 39 (Saver) a £ 41 para adultos.

Há ainda ingressos familiares, válidos para dois adultos e duas crianças ou um adulto e três crianças, que saem de £ 124 (Saver) a £ 132; e pacotes supercompletos, que incluem audioguia e o Guidebook da visita, de £ 40,95 (Saver infantil) a £ 50,95 (normal adulto).

Na compra de um ingresso simples, audioguia deve ser pago a parte, e recomendo muito, pois traz curiosidades e fatos de produção que complementam a experiência, além de vídeos e comentários adicionais. Há explicações em português. O preço é £ 4,95.

Como ir a partir de Londres:

Trem


Ida e volta custa de £ 11,50 a quase £ 30, dependendo dos horários, tipos de ticket e classe escolhidos.

É preciso ir até a estação de Watford Junction, de onde sai o ônibus para os estúdios. O melhor é embarcar na estação London Euston.

Atenção aqui para pegar o Express, que leva cerca de 20 minutos para chegar ao destino. Há também um outros trem que para em todas as estações, como metrô. Essa viagem leva cerca de 50 minutos.

Ônibus

Algumas agências vendem transporte até os estúdios de ônibus, atrelados ou não aos bilhetes para o tour. A excursão que fiz para Stonehenge e Bath com a Viator correu muito bem, e eles também vendem tours para os estúdios Warner.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *